*/ ?>

Pensar videojogos: design, arte e comunicação

Sessão de apresentação do livro
André Carita
14 Dez 18hAuditório Ômega [Q.2.4]

A Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologia e o autor do livro, Pensar Videojogos: Design, Arte e Comunicação, André Carita convidam para a sessão de apresentação a realizar no dia 14 de Dezembro, pelas 18h00, no auditório Ômega (Q.2.4). A sessão contará com a presença e intervenção da autora do prefácio Prof. Doutora Patrícia Gouveia da Noroff University College para uma tertúlia de ideias em torno dos videojogos.

Sobre o livro

O livro Pensar Videojogos: Design, Arte e Comunicação do autor André Carita resume uma viagem pela definição aberta dos videojogos. Uma definição que depende da tecnologia, dos criativos e, fundamentalmente, dos jogadores. São eles os principais responsáveis pelo grau de exigência artístico pelos quais estes artefactos digitais hoje se regem. É para eles que a indústria trabalha. É com eles que a indústria evoluiu para um presente actual com videojogos cujo estado da arte conhecemos e tanto apreciamos. É deles que se espera um futuro brilhante que dê consistência à contínua elevação criativa que se tem verificado, sempre com a ambição clara de se atingir patamares nunca dantes alcançados.

“O autor, André Carita, sugere que estamos perante um ontologia do videojogo, a partir do conceito da obra aberta de Umberto Eco e não esquece nem o panorama de uma indústria que vem ganhando protagonismo nem o papel dos jogadores na saga a desvendar. Contextualiza-se, de forma expressiva, o campo de estudos académicos na área dos videojogos ao nível do primeiro ciclo. Numa altura em que as licenciaturas neste campo se expandem um pouco por todo o mundo é importante contar com trabalhos desta natureza para estimular o desenvolvimento da academia nacional, em particular, e da indústria, em geral. O livro Pensar Videojogos: Design, Arte e Comunicação é um trabalho importante para gerar massa crítica neste campo de conhecimento. (…) Uma leitura obrigatória para quem quer perceber alguma coisa sobre a cultura lúdica do século XXI. (Patrícia Gouveia, in prefácio, V-VII).

capalivro

  • André Carita
  • André Carita nasceu no Porto em 1984. Doutorado em Belas Artes (especialidade videojogos) pela Universidad Politécnica de Valencia (UPV), Espanha, desde 2012, obteve em 2010 o Diploma de Estudios Avanzados (DEA) e em 2009 o Título de Especialista Universitário. Em 2006 licenciou-se em Tecnologias da Comunicação Multimédia no ISMAI onde também foi Professor. Colaborou nas revistas de videojogos Mega Score e Hype! e GameCultura (Brasil) e foi coordenador, formador e membro da Comissão Científica da 1ª edição do Curso de Especialização Game Design: Pensar o Jogo na Alquimia da Cor (Porto). Investigador na área dos videojogos desde 2002, é membro do CICANT da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (ULHT) de Lisboa. Professor Auxiliar de várias disciplinas da Licenciatura em Aplicações Multimédia e Videojogos na ULHT, está, atualmente, envolvido na orientação e planificação de diversos videojogos a serem produzidos no âmbito académico em Portugal.

Organização

Apoios

Edições anteriores